O TABU DO SÉCULO 21 – Continua sendo a Morte!

, ,

O TABU DO SÉCULO 21 – Continua sendo a Morte!

sepultura cavada, morte…

Leitura: Isaías 38.1-22

Por esse tempo o rei Ezequias ficou doente e quase morreu. O profeta Isaías, filho de Amoz, foi visita-lo e disse: – O Deus Eterno diz assim: “Ponha as suas coisas em ordem porque você não vai ser curado. Apronte-se para morrer” (Is 38.1)

Meditação: 

Cada época cultiva os seus tabus, assuntos sobre os quais ninguém se atreve a falar. Em tempos não tão longe, evitava-se falar da sexualidade. E, quem o fizesse, precisava ser corajoso. Há 50 anos, o professor de teologia, Helmut Thielicke, perguntou ao diretor do nosso colégio, se alguém já abordara esse tema com os alunos. O diretor lhe respondeu: “Não é necessário falar sobre isso com eles!”. No entanto, o professor insistiu: “Então me permita dizê-lo!”. Até hoje sou grato pelo privilégio de ter ouvido o renomado professor de ética cristã tratar do assunto com uma centena de jovens acanhadíssimos.
Agora os tempos são outros. Nem é mais possível imaginar nosso acanhamento. No entanto, se o profeta Isaías dissesse a nós o que ele falou ao rei: “Ponha as suas coisas em ordem porque você não vai ser curado. Apronte-se para morrer”, não ficaríamos encabulados? Não acharíamos isso um atrevimento deseducado?
Não há dúvida de que nosso tempo evita tratar o assunto morte! Você pode achar que não, pois em filmes e noticiários, a morte é tratada com frequência. No entanto, eles sempre tratam da morte dos outros e jamais da nossa! Buscamos diferentes maneiras que possam resguardar-nos de qualquer lembrança de que ela pode chegar a qualquer momento. A indústria de cosméticos oferece produtos que prometem rejuvenescimento quase instantâneo. Mesmo não sendo um país rico, somos campeões em cirurgias plásticas, tanto para homens como para as mulheres. Seduzidos pelo desenvolvimento da medicina, nós esperamos que médicos façam milagres. Nos Seguramos a tudo isso e muito mais para livrar-nos do acanhamento gerado pelo tabu moderno chamado “morte”, a morte não escolhe o freguês, breve chegará sua vez.

Oremos:

Senhor meu Deus, sou filho da minha época. Livra-me da cegueira gerada pelos tabus dela e ensina-me a contar os meus dias para alcançar coração sábio diante de Ti. Em nome de Jesus. Amém.
by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *