Estudo pregação Sexto Domingo de Pentecostes. (Serie anual)

,

Estudo pregação Sexto Domingo de Pentecostes. (Serie anual)
Textos: Sl 16; 1 Rs 19.11-21; 1Co 1.18-25 / 1Pe 3.8-15; Lc 5.1-11.

 

Este texto é do Sexto Domingo de Pentecostes, proposto pela serie anual.

A categoria do mesmo é Evangelho, sendo que possui tanto lei quanto evangelho, assim como possui também santificação e justificação. O assunto geral do texto gira em torno do pescar gente, destacado no versículo dez.
Três ênfases que podemos destacar. A primeira delas, o fato de num primeiro momento Simão não querer lançar as redes para pescar, no momento em que Jesus pediu para fazer. A segunda se dá no momento em que Simão, diante da grande pesca, reconhece que é pecador. A terceira e mais importante, se dá na seqüência, quando Jesus diz à Simão: “Não temas”.
O objetivo geral do texto é mostrar, que Jesus é quem nos faz pescadores de gente, é Jesus que nos faz pregadores de sua Palavra, é para isso que Ele manda lançarmos as nossas redes. O propósito é chamar a atenção para a importância do pescar gente, do chamar gente para o reino de Deus.
  Tema do Sermão: Lançai as vossas redes para pescar. (v4)
Período eclesiástico.
O texto de Lucas 5.1-15 está inserido no período de Pentecostes. Pentecostes era a festa das semanas, ou das primícias, celebrada 50 dias após a páscoa. Era uma festa muito importante para os judeus, pois era a festa da colheita, quando as primeiras coisas eram trazidas ao Senhor.
 Era uma oportunidade de não somente agradecer, mas também comemorar a renovação da aliança de Deus, feita com o povo de Israel. Para nós cristãos, o pentecostes é a confirmação da nova aliança, onde a base é a graça de Deus, revelada no nascimento, vida, morte e ressurreição de Cristo, em favor do ser humano afastado de Deus.
 O pentecostes reflete no verde das cores litúrgicas, a ideia de crescimento. É um período onde, sem grandes festas especiais, a igreja semeia a Palavra de Deus.
Contexto.
  Jesus estava no deserto e a multidão foi até ele, pedindo que ele não os deixasse. Jesus, porém lhes disse que era necessário que ele pregasse o evangelho do reino também em outras cidades. Isso ele fazia nas sinagogas e em vários lugares, mas onde estava à multidão o seguia. 

 Jesus se encontrava na cidade de Cafarnaum, e quando decidiu caminhar ao longo da praia do lago de Genesaré, a multidão se reuniu perto dele, para ouvir seus ensinamentos.
 De uma forma bem inteligente, Jesus entrou em um dos barcos que estava junto da praia e após terminar de falar as multidões, ordenou a Simão a lançar as redes, para assim apanharem grande quantidade de peixe, o que causou grande admiração em todos.
 

by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *