Jesus nos torna seus seguidores.1ªparte

, ,

Tema: Jesus nos torna seus seguidores. 1ªparte


Texto: Lucas. 14. 25-35

 Jesus nos torna seus seguidores. 1ª parte

           

  

         Quando você pensa num seguidor, ou melhor, uma pessoa dedicada por uma causa. Por exemplo, um torcedor de um time de futebol. Ele muitas vezes faz questão de acompanhar todas as partidas do seu time. Até ai tudo bem, mas também tem algumas pessoas que não querem nem torcer, muito menos ter um time de futebol.
          Será que só são torcedores de um time de futebol aqueles que acompanham o seu time no estádio ou na televisão todos os jogos?

            Claro que não!




             Os textos falam de pessoas que foram dadas há oportunidade de fazer a escolha.
            O evangelho vem a nós no dia de hoje e Jesus diz: Sê você não me amar mais do que  seus pais e a você mesmo você não é digno de mim, não podendo ser meu seguidor.
            Jesus não diz: ser você é meu seguidor vou te dar uma vida tranqüila você vai ter uma família perfeita, vai ter o carro do ano e muitas outras coisas. Isso é dito hoje, pelos homens
            O que Jesus quer dizer com amar menos os pais e a si mesmo? Ele  trata a cada um com de nós e a todos os seres humanos mostrando que o pecado domina a nossa vida, amar menos os nossos pais é natural em nós. Vemos filhos maltratando os pais e os pais maltratando os filhos. O ser humano muitas vezes cai nos vícios dessa vida, como drogas proibidas e licitas.
            Amar menos é isso que fazemos por natureza, e Jesus denuncia isso na nossa vida. O que Jesus quer dizer para nós é isso: vivam suas vidas, tendo a Ele como aquele que da vida plena, olhem para a palavra de Deus ela não tira nada de nós, pelo contrario, nos da o verdadeiro sentido para essa vida.
            Como seguir a Jesus nos dias de hoje! A palavra de Deus nos remete a nossa vida no mundo, ser um seguidor de Jesus hoje e sempre, é viver a vida que Ele preparou para cada um de nós. Ser um pai, ser uma mãe, ser um filho é aqui que somos seguidores de Jesus, no nosso estudo ou trabalho.
            E isso é Deus quem dá. Alguém já escolheu o pai que gostaria de ter, numa adoção é até possível fazer, mas sabemos que isso é uma exceção, ou melhor, é uma forma de amar ao próximo que Deus coloca diante de nós, no mais temos o que não escolhemos e isso vem de Deus.
            Ao que parece a multidão que estava seguindo a Jesus tinha o costume de começar e não terminar o que começaram a fazer.

            Dois  exemplos é dado por Jesus:  Um construtor e de um rei. Ambos têm que fazer um exame para ver se tem como chegar ao fim da caminhada. E Jesus finaliza falando do sal, que durante um tempo tem sabor e depois que perder o sabor  não é usado mais.

            Seguir a Jesus faz com que durante a nossa vida, somos conduzidos a fazer escolhas. Somos deixados numa saia justa, algumas pessoas chegam a pensar ou até falar: você não é cristão, como você faz isso. Tomar uma decisão aparentemente é isso que os textos bíblicos nos impõem. Ser ou ser um cristão.

 Luterana-religar: http://luterana-religar.blogspot.com.br/2014/11/um-manual-para-vida-boas-novas-voce-nao.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *