Tema: Jesus nos torna seus seguidores. 2ª parte

, ,

Tema: Jesus nos torna seus seguidores. 2ª parte.

Tema: Jesus nos torna seus seguidores. 2ª parte

            É dito que um seguidor de Jesus tem que comparecer todas as vezes que Ele estiver sendo anunciado, pois só é seguidor de Jesus aquele que o acompanha e segui o exemplo dEle na sua vida diária.

            Jesus no texto do último domingo estava observando os convidados na casa do fariseu. Estes convidados escolhiam os melhores lugares a mesa para conseguirem se vistos por todos. Ao que parece essa grande multidão que estava seguindo a Jesus agia de forma semelhante, pois Jesus ao ser perguntado sobre os felizes que se sentaram no banquete no Reino de Deus descreve a não aceitação do convite feito. Havia varias desculpas para aqueles que tinham sido convidados para o banquete com aquele senhor.

            E olhando mais a frente no texto bíblico, Jesus fala da ovelha perdida e da alegria do pastor ao encontrá-la.
            Ser seguidor de Jesus. É calcular se temos condições de segui-lo até o fim é o que o texto do evangelho me diz.
             O banquete no Reino de Deus é perdão de pecados e aceitação! Então por que Jesus aparentemente me exige um amor acima de mim mesmo e uma dedicação que eu não tenho?
            Sim, é isso mesmo, essa exigência de Jesus me leva a uma perfeição que eu não tenho, e ainda mais, contraria o amar a si mesmo e  amar ao próximo, além disso, o conselho de Paulo a Filemom a receber Onésimo demonstra que no Reino de Deus é diferente ou melhor, que somos aceitos no banquete pelo convite do Senhor. É Ele que nos ama ao ponto de se doar por nós.
            Este texto me aponta a minha incapacidade de ser um seguidor de Jesus por minhas próprias pernas ou obras, também nos aponta que  podemos perder o sabor, ou melhor, acha que não somos mais aceitos pelo Senhor no banquete no Reino de Deus.
            Este texto que aparentemente quer me fazer tomar uma atitude frente ao fato de ser seguidor de Jesus me diz que eu não consigo fazer nada para garantir em mim, esta certeza de ser um seguidor que ama a Jesus acima da família e acima de nós mesmos.
            Se compreendermos esse texto da forma que lemos, estaremos passando por cima do quarto mandamento bem como da lei do amor.
            E sabemos que Jesus cumpriu toda a lei em nosso lugar, além disso, Ele quer buscar o perdido, aquele que ouve a sua voz e o segue.

            Percebem que Jesus quer desmascarar em nós essa falsa esperança de que é só segui-lo e estarão resolvidos os nossos problemas, Ele coloca diante de nós o nosso pecado que nos torna incapazes de cumprir a ordem de Deus. Por isso o convite do Senhor.

            Essa ação é de Deus, chamar e congregar e notamos isso em toda a história do povo de Deus. O Senhor é que torna a  nossa vida uma vida digna, a dignidade vem dEle somente.
            Ser seguidor de Jesus nos da a certeza de que Ele nos aceita como nós somos, meios desleais por natureza, muitas vezes bravos e indiferentes, mas aceitos por Deus.
            Sabendo que somos aceitos por Deus assim como somos e não porque fazemos algo, que Deus conceda a cada um de nós viver vida agradável diante de nosso próximo, pelo amor que Deus nos dá.
            Ser um seguidor de Jesus é fazer o oposto que o mundo faz, e isso percebemos na atitude de Paulo pedindo por Onésimo um criminoso diante do mundo, mas um filho de Deus convidado pelo próprio Deus.
            Ser um seguidor de Jesus é obra do próprio Deus em nos todos os dias de nossa vida.
            Viver a vida na certeza de que Deus é quem nos faz se um seguido de Jesus. Amém.
            A paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus. Amém.


Luterana-religar:http://luterana-religar.blogspot.com.br/2014/11/hino-n-11-do-hinario-luterano.html
             

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *